Portal de Eventos da Faculdades EST, XV Salão de Pesquisa da Faculdades EST

Tamanho da fonte: 
Conflitos religiosos entre imigrantes protestantes e católicos no século XIX
Josiane Velten

##manager.scheduler.building##: Instituto de Ética
##manager.scheduler.room##: Sala Dietrich Bonhoeffer
Data: 2016-09-13 06:00  – 06:20
Última alteração: 2016-11-10

Resumo


A imigração alemã, iniciada a partir de 1824, para o Brasil, foi resultado de um período muito turbulento na Alemanha. Crises econômicas e sociais, entre outras, impulsionaram na busca por melhores condições de vida. O Brasil era considerado uma ótima opção. As vastas áreas de terra brasileiras instigavam os imigrantes alemães a recomeçarem sua vida com mais oportunidades de vida. Apesar de estarem num contexto totalmente desconhecido, os imigrantes protestantes sentiam a necessidade de manterem sua fé e hábitos religiosos como aprendido. Contudo, no Brasil católico, passaram a experienciar conflitos como católicos. Os insultos, desavenças, intrigas passaram a ser perceptíveis entre católicos e protestantes. O objetivo dessa comunicação é analisar conflitos religiosos entre protestantes e católicos no século XIX, levando em consideração o processo imigratório alemão, a situação jurídico-religiosa e a liberdade que a Proclamação da República trouxe para os protestantes. Para isso, nossa metodologia será analisar o jornal Sonntagsblatt, que expressa claramente esses conflitos, bibliografias referentes ao período da Proclamação da República e análise da Constituição de 1890 para esclarecimento jurídico dos direitos e deveres dos protestantes.