Portal de Eventos da Faculdades EST, XV Salão de Pesquisa da Faculdades EST

Tamanho da fonte: 
A EPISTEMOLOGIA CRÍTICA NA PRÁXIS DOCENTE INTERDISCIPLINAR
Ariel Teixeira de Souza

##manager.scheduler.building##: Instituto de Ética
##manager.scheduler.room##: Sala Dietrich Bonhoeffer
Data: 2016-09-13 05:30  – 05:50
Última alteração: 2016-11-10

Resumo


A interdisciplinaridade caracteriza-se como uma prática desenvolvida plenamente no campo empírico do processo científico, ou seja, na pesquisa e na formulação teórica. De uma forma organizacional, apresenta-se na articulação dos saberes na prática da pesquisa, fundamentando-se sem a necessidade de dissolver-se a problemática da pesquisa quando a solução não se apresenta em um único viés, ou seja, em uma única disciplina.  Toda a construção de um conhecimento científico interdisciplinar desenvolve-se em processos distintos, porém integrados, de forma livre, sem respeitar etapas definidas, eliminando uma forma automática, direta e simples, variando de acordo com a relação estética do sujeito para o objeto. Sob este aspecto, a Epistemologia Crítica, nos processos organizacionais do estudo, vem sugerir a primazia do real sob a ideia, por meio de um pensamento mediador, que estabelece uma relação entre o sujeito e o objeto concreto, de uma forma lata e dinâmica, para que haja uma apreensão da totalidade do cognoscível do pesquisador recusando o idealismo. Neste sentido, a pesquisa bibliográfica em questão se propõe a analisar o processo da construção da práxis Docente interdisciplinar e como a prática da docência em Música da Faculdades EST se estabelece na interdisciplinaridade docente, sob o olhar da Epistemologia Crítica dentro de seus processos específicos.